Princesa da Guerra
index   ask   archive   theme
I'm not cute! I'm a demon!
"500 dias com ela." Eu nunca entendi porque todos gostavam tanto desse filme, pra mim ele quebrava todos os conceitos de amor, de planos juntos, destino, aquele conceito de que quando duas pessoas se amam elas se entendem e se acertam, independente do que houve, ou do que pode acontecer, aquele tal amor todo perfeitinho, cheio de altos e baixos, mas que se mantém firme e forte feito uma rocha. Mas hoje, vendo esse filme, finalmente eu acho que pude entendê-lo… Ele mostra que o amor nem sempre está onde queríamos ou achamos que ele está. Às vezes a gente apenas se engana. Se existem um destino e planos, são eles que arrumam tudo, mas nem sempre aquela pessoa é a certa, nem sempre é ela que vai ser a certa pra se construir planos, sonhos, metas, felicidade… Ás vezes ela já está no destino, ou até mesmo no plano de outra pessoa. O Tom amava a Summer, e queria realizar vários planos ao lado dela, acreditava no destino deles juntos. Mas a Summer não podia amar ele, ela já determinada a amar outra pessoa, era ela e outra pessoa. Nunca foi Tom e Summer, era Summer e outro cara, e Tom e outra garota, e o pior de tudo era o Tom não perceber isso. Pra ele tudo que ele entendia por amor estava errado, havia quebrado as expectativas dele, por isso por um tempo ele se deixo desacreditar. Mas ai a Summer vem com aquele discurso todo e explica que estava no destino dela conhecer aquele outro cara e simplesmente se apaixonar e casar.E depois que ele aceita isso, e percebe que foi tudo um engano, corre atrás do destino dele… Ao lado de outra pessoa. É como se tivesse tudo dado errado porque realmente não era pra ser, nunca foi. Era momentâneo, uma curva enganosa. Mas não quero apenas fazer uma reflexão sobre o que eu pude interpretar do filme, mas mais que isso, quero te dizer que hoje pensei em você, e acho que tudo deu errado pra mim até hoje por eu ter sido como o Tom, e visto planos nas pessoas erradas, talvez você também não seja “aquele cara” que seja pros meus planos e sonhos, mas se não for, tudo bem…Você pode ser a fonte que me leva até ele, ou até mesmo aquele que me afasta do caminho certo, mas enquanto eu estiver segurando em você, eu não vou me deixar soltar. Eu acredito muito em destino e nas curvas que ás vezes a vida nos coloca, e tudo tem mesmo o seu por que, não que a vida seja como em um filme, e que possua sempre um final feliz, mas… Eu me conformo com o nosso começo, e desejo que esse começo dure muito tempo ainda. Em uma curva enganosa da vida eu te conheci, e em mais curvas enganosas eu passei a gostar de você, e assim fui andando curvas enganosas até chegar ao ponto de querer que você não fosse mais um engano, e sim, um total acerto.

Lembranças de Ana  (via esplandecer)
A praia estava cheia de um vento bom, de uma liberdade. E eu estava só. E naqueles momentos não precisava de ninguém. Preciso aprender a não precisar de ninguém. É difícil, porque preciso repartir com alguém o que sinto. O mar estava calmo. Eu também. Mas à espreita, em suspeita. Como se essa calma não pudesse durar. Algo está sempre por acontecer. O imprevisto me fascina.

Clarice Lispector (via oxigenio-dapalavra)

http://sos-world-girls.blogspot.com.br/

Alguém explica para ela que o tempo não tem a obrigação de fazer milagres, que o coração não tem culpa das escolhas erradas que já foram feitas, que ele pode não ligar depois de um beijo. Ora, menina, não foi por falta de quebrar a cara, e nem quero me gabar dizendo “eu bem que te avisei”, mas a vida é muito cruel para brincar tanto de “vou pagar para ver”, seus pés estão fixos no chão e presos a realidade, seu corpo está presente, traga seus pensamentos para o mundo em que as coisas não são fáceis, para um mundo em que não é proibido sonhar, mas que não nos permite viver de ilusões.

Fred Medeiros. (via teleportear)
Me disse boa noite, quis responder: “Fique e faça ela ser.

Caio Augusto Leite.     (via descriar)
Quando eu parei de procurar ser amada, parece que o mundo começou a me amar mais.

Tati Bernardi.   (via acumulou)
3 anos para enxergar. 1 minuto para entender. 1 dia para acreditar. Uma vida para esquecer.

Esteban. (via n-o-v-o-h-e-r-o-i)
Não foi o fim do mundo, mas algo dentro de mim morreu.

Animicida (via mal-educado)
As vezes estar longe faz com que o coração se apegue ainda mais.

Mateus Yoshitani. 
(via futuro-heroi)